O QUE É:

         A alergia a medicamentos é uma reação anormal do sistema imunológico a uma medicação, e não um efeito colateral da mesma, assim como também é distinta da toxicidade provocada pela ingestão acidental ou inadvertida.

         Na maioria dos casos, uma alergia medicamentosa desenvolve-se quando o seu sistema imunológico se torna sensível à droga. Isto significa que a primeira vez que se ingere a droga, o sistema imunológico detecta como uma substância nociva e desenvolve um anticorpo específico para o fármaco. Na próxima exposição a droga, o sistema imune reconhece e desenvolve a reação alérgica.

         Dentre as substâncias mais frequentes nos casos de alergia, destacam-se:

  •  antibióticos, como as penicilinas

  •  analgésicos e anti-inflamatórios não hormonais

  •  quimioterápicos

  •  agentes anestésicos

SINAIS E SINTOMAS:

         Muitas vezes ocorrem dentro de uma hora depois de tomar a droga. Menos comumente, as reações podem ocorrer horas, dias ou semanas mais tarde.

  •  erupção cutânea

  •  urticária

  •  coceira

  •  febre

  •  edema de membros ou partes do corpo

  •  falta de ar

  •  broncoespasmo (chiado no peito), coriza, lacrimejamento

  •  anafilaxia: dificuldade na respiração, vômitos, diarreia, bradicardia, queda da pressão arterial, perda da consciência


         Reações menos comuns de alergia a medicamentos ocorrer dias ou semanas após a exposição a uma droga e pode persistir por algum tempo depois que você parar de tomar a droga. Estas condições incluem:

  •  doença do soro, que pode causar febre, dor nas articulações, erupções cutâneas, inchaço e náuseas

  •  erupção cutânea medicamentosa com eosinofilia e sintomas sistêmicos (DRESS)

  •  inflamação nos rins (nefrite), que podem causar febre, sangue na urina, edema geral, confusão e outros sintomas

DIAGNÓSTICO:

  

         As investigações têm sugerido que as alergias a medicamentos podem ser excessivamente diagnosticadas e que os pacientes podem relatar alergias a medicamentos que nunca foram confirmadas.

         Não existem testes específicos para a maioria dos medicamentos, salvo alguns antibióticos com IgE sérica disponível para investigação, sendo um exames com baixa acurácia neste caso.

         Em alguns casos, o médico pode solicitar exames para exclusão de outras causas.

TRATAMENTO:

         O tratamento sintomático é feito através da administração de anti-histamínicos orais e/ou corticoesteroides orais. Nos casos de anafilaxia, está indicada a pronta administração de adrenalina intramuscular.

         O afastamento definitivo da droga deve ser feito, evitando a ocorrência de novas reações.

Alergia a Medicamentos

Barra da Tijuca: Av. das Américas 3500 - Bloco 4 - Grupo 304 - Le Monde Office

Leblon: Av. Afrânio de Melo Franco 141 - Térreo - Melo Franco Medical Center

Copyright© 2014 - Todos os Direitos Reservados a Dra. Laira Vidal - Alergologista e Imunologista

  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube ícone social

Telefone: (21) 3217-1747 / 3819-9500

Dra. Laira Vidal - Alergologista e Imunologista - Barra da Tijuca e Leblon - RJ